Pular para o conteúdo principal

Qual alimentação adequada para uma criança que nasceu com Extrofia de Cloaca?

     Boa tarde, preciso da ajuda de vocês, como todos sabem, minha filha nasceu com uma doença rara, chamada extrofia de cloaca.    

Ela já passou por vários procedimentos cirúrgicos, e no decorrer dos anos, tento adaptar a sua alimentação. Pois ela não pode com alimentos que solte o intestino, ou alimentos que produzem muitos gases, porque ela é incontinente tanto no trato urinário, quanto no fecal.
     O que preciso de vocês, são dicas de alimentação que eu possa dar a ela, pois queijo que ela ama, não pode comer, feijão dá muitos gases, pizza só se comer em casa, ou voltar logo.

     Alguém pode me ajudar? Aconselhar-me um nutricionista que seja especialista  nesta área.

     Pois já aconteceu momentos complicados, no sentido do intestino estar daquele jeito, e tenho medo dela se fechar futuramente, em relação a episódios como este, ela não tem controle algum, sobre essas coisas. E sei que ela fica constrangida quando acontece em lugares que tem muita gente, pior quando as pessoas começam a falar, mas sem saber que é ela, ou o motivo pelo qual isto acontece.
     Fico ansiosa no aguardo.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Informação adicional relacionada a Extrofia de Cloaca

Partes: 1 e 2 Tabela 1. Classificação das anomalias anorretais


Sexo Malformação Necessidade colostomia Masculino Fístula cutânea (fístula perineal) Não Fístula Rectourethral Bulbar Sim Protético Sim Fístula Rectovesical Sim Agenesia anorretal sem fístula Sim Atresia rectal Sim Feminino Fístula cutânea (perineal) Não Fístula vestibular Talvez Agenesia anorretal sem fístula Talvez Altresia rectal Talvez

Extrofia de cloaca, você sabe o quê?

Um caso ainda mais grave e raro que a gastrosquise ou a onfalocele é chamado de extrofia de cloaca.
Defeito congênito que consiste de uma má formação da bexiga e uretra, na qual a bexiga fica exposta para fora do abdome.

As porções logo abaixo da bexiga chamadas de colo vesical e esfíncter uretral externo são os responsáveis pela continência urinária, já que eles permanecem fechados quando a bexiga se enche de urina. 

O que é Rim em Ferradura?

O que é esta doença?
Rim ferradura é a anomalia congênita, consistindo de polos superiores ou inferiores fraturados ambos os rins entre si, com a formação do istmo.
Esta malformação caracteriza-se pela fusão de ambos os rins, ligados entre si por uma ponte de tecido renal que une os seus pólos superiores ou inferiores e que passa à frente da aorta e da veia cava.